Censanet

notícias

notícias da região
tecnologia

quarta, 26 de abril de 2017

Vigilância muda local de vacinação, em Travessão

Publicado em: 20/03/2017 09:27

Capa Noticia

A Vigilância em Saúde de Campos informou que a partir desta segunda-feira (20/03), a vacinação contra a febre amarela em Travessão será concentrada em apenas um local, a Vila Olímpica de Travessão, das 08h às 16h. Já na Uenf, o local será transferido do Hospital Veterinário para o Ginásio do Centro de Ciência do Homem (CCH).

A decisão foi tomada atendendo um pedido da população para maior comodidade, conforto e também para dar mais dinamismo ao trabalho.

Então, a partir de hoje, o município de Campos oferecerá os seguintes postos de vacinação: Secretaria de Saúde, CRTCA I e II, Fundação Municipal de Esportes (antiga AABB), Ginásio do CCH na Uenf, UBS de Ururai, UBS do Joquei, UBS da Penha, Hospital São José, Fundação Rural de Campos, Centro de Saúde de Guarus, UBS Alair Ferreira, UBS de Farol de São Tomé, Vila Olímpica do Parque Guarus e Vila Olímpica de Travessão.

MOVIMENTO NO FIM DE SEMANA

O primeiro final de semana de vacinação em massa contra a febre amarela em Campos imunizou 23.898 mil pessoas.

Segundo dados da Vigilância em Saúde de Campos, no sábado (18/03) foram 10.126 vacinados e no domingo (19/03),13.778. 

“Nossas equipes estão preparadas para atuar nesse período de vacinação em massa da melhor maneira possível. O trabalho irá acontecer até que todos estejam vacinados. Não há motivo para pânico porque haverá doses para todos, conforme nos assegurou o Estado - afirmou a diretora de Vigilância em Saúde”, Andréya Moreira. 

De acordo com a estratégia montada para esse período, durante a semana todos os postos citados estarão vacinando. Já nos finais de semana, serão apenas seis: Fundação Rural de Campos, Fundação Municipal de Esportes, UBS da Penha, Vila Olímpica de Travessão, Vila Olímpica do Parque Guarus e Ginásio do CCH na Uenf.

As pessoas devem comparecer aos locais munidos de carteira de identidade, comprovante de residência e cartão de vacinação, principalmente os menores de idade. A vacina é destinada a pessoas entre 9 meses e 60 anos, obedecendo às indicações e contraindicações do Ministério da Saúde, que são: não possuir doenças como câncer, HIV positivo; não ser alérgico a proteína do ovo e a gelatina; não fazer uso de medicamentos como corticoide; não ser gestante e não estar amamentando.

Além da vacinação na área urbana do município, a Vigilância em Saúde permanecerá com o bloqueio vacinal nos distritos com áreas de mata e proximidades. Neste domingo, o trabalho foi realizado em Sentinela do Imbé, onde 460 moradores foram imunizados. O bloqueio segue nesta segunda-feira e terça-feira em Ibitioca; e em Morro do Coco, nos dias 22, 23 e 24 de março.