NOTÍCIAS

22 de outubro de 2014 - Campos - RJ arte e cultura ciência esportes economia o mundo campos

EUA impõem sanções contra a petrolífera estatal da Síria

inserido em 10/08/2012 às 13:42:00

Estados Unidos sancionam empresa há décadas | Crédito por NYT WASHINGTON - Os Estados Unidos impuseram nesta sexta-feira, 10, sanções contra a companhia petrolífera da Síria, a Sytrol, por negociar com o Irã. A medida é uma tentativa de retirar receitas tanto de Damasco quanto de Teerã. "Esse tipo de comércio permite que o Irã continue a desenvolver armas nucleares enquanto provê o governo sírio com recursos para oprimir sua própria população", disse em comunicado o Departamento de Estado dos EUA.NYTEstados Unidos sancionam empresa há décadas Veja também:Rebeldes sírios voltam a enfrentar o Exército em bairro estratégico de AlepoRebeldes sírios afirmam que perderam controle de bairro em Alepo CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOKO porta-voz do Departamento de Estado, Patrick Ventrell, disse que as penalidades contra a Sytrol acontecem após ela ter entregado o equivalente a US$ 36 milhões em gasolina para o Irã em abril. Ao mesmo tempo, Teerã está "ajudando forças de segurança e milícias apoiadas pelo regime que estão cometendo horrorosas violações de direitos humanos contra o povo sírio." No entanto, a medida não mudará muito a situação. Décadas de sanções dos EUA contra a Síria impediram o comércio de energia entre os dois países. A Sytrol exportava principalmente para a União Europeia, mas o bloco declarou embargo contra o petróleo do país no ano passado. Ventrell disse que o apoio do Irã ao regime de Assad, incluindo envio de equipamentos para monitorar a atividade de oposicionistas na internet, é "completamente injustificável". Ele disse que o Irã teme perder seu único aliado no Oriente Médio. Hezbollah A administração do presidente Barack Obama também anunciou sanções contra o Hezbollah por apoiar o governo do presidente Bashar Assad. A ação é apenas simbólica, já que Washington já designa o grupo militante libanês como uma organização terrorista. O Departamento do Tesouro condenou o treinamento, conselho e apoio logístico fornecido pelo Hezbollah ao regime de Assad. As sanções proíbem que norte-americanos façam negócios com o grupo e bloqueia seus ativos nos Estados Unidos. Essas regras estão valendo desde os anos 90, quando Washington declarou o Hezbollah como uma organização terrorista internacional. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

AE - Agência Estado

Veja esta notícia na página original

GERAL

Motociclista morre em acidente na Bei...

< . O acidente chamou a atenção...

Rodoviários negam proposta de 10% de ...

ESPORTES

Lusa se reapresenta nesta quinta-feir...

ARTE E CULTURA

Peppino di Capri relembra época de ou...

CIÊNCIA

Embraer apresenta novo avião KC-390

Serviço de comunicação multimídia prestado pela empresa IMA TELECOM LTDA, nos termos da Lei nº 9.472, de 16 de julho de 1997,
Lei Geral de Telecomunicações - LGT, pelo TERMO DE AUTORIZAÇÃO, Ato n.º 2.660/2010.

Rua Salvador Corrêa 139 - Centro - Campos dos Goytacazes - RJ Tel.: (22) 2726-2736 - Suporte Técnico (22) 2726-2726 - Administrativo