Censanet

notícias

notícias da região
tecnologia

segunda, 23 de abril de 2018

Fotos exclusivas da 2ª fase da Operação Cardiopatas

Publicado em: 12/01/2018 16:14

Capa Noticia

A 2ª fase da “Operação Cardiopatas” teve como objetivo o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão, além de dois de prisão preventiva. Os investigados, o advogado Joacyr de Souza Conceição e Tiago Correa Tavares, não foram localizados e são considerados foragidos. A suspeita é de que eles atuavam como intermediários no esquema que fraudou mais de R$ 11 milhões. 

Entre os locais percorridos pelos agentes federais—ação acompanhada com exclusividade pelo Site Ururau—está uma residência em Goitacazes, na Baixada Campista. O imóvel seria do pai de um dos suspeitos. Já na Rua Lacerda Sobrinho, Centro, o alvo dois policiais foi um apartamento.  

Investigações das duas fases da operação apontam que 67 benefícios foram fraudados, ocasionado um prejuízo total de R$ 11.385.441,76 ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).   

Das 14 pessoas que foram presas na primeira etapa da Cardiopatas, sete funcionários do INSS conseguiram converter as prisões e estão afastadas do serviço público. Seis seguem presos. Já Rogério Vasconcelos Maciel, apontado como chefe do esquema, continua foragido.

O nome da operação “Cardiopatas” se deve ao fato da maioria dos beneficiários cooptados pela organização criminosa terem simulado miocardiopatia dilatada ao INSS, com base em documentos médicos ideologicamente falsos.