Censanet

notícias

notícias da região
tecnologia

quinta, 20 de setembro de 2018

Chuvas não contribuem na recuperação de mananciais hídricos

Publicado em: 13/03/2018 13:15

Capa Noticia

As chuvas que caíram nos últimos dias na região elevaram os níveis dos rios que cortam os municípios do Norte e Noroeste Fluminense. No entanto, o ambientalista Aristides Soffiati informa que as cheias, de imediato, não contribuem na recuperação de mananciais hídricos, que foram drenados com o passar dos anos.

Soffiati conta que em Campos tinha muitos reservatórios naturais, que eram as lagoas, tanto na margem direita quanto na margem esquerda do Rio Paraíba do Sul.

“Mas a maior parte desses reservatórios foi drenado. Hoje nós temos três grandes lagoas: Lagoa Feia, Lagoa do Campelo e Lagoa de Cima, além de outras menores, como a Lagoa da Onça, em Cardoso Moreira, e Lagoa do Lameiro, em Sapucaia. Acontece que toda essa água nos rios vai embora para o mar após o término das chuvas, e não se consegue reservar no continente”.

Soffiati lembrou que entre os anos de 1940 e 1990, o Departamento Nacional de Obras e Saneamento construiu 1350 quilômetros de canais, o que também contribuiu para a drenagem de muitas lagoas. “A ideia seria reconstruir algumas lagoas para receber as águas das chuvas, que infelizmente acabam sendo perdidas para o mar”, revelou.

Ele falou, ainda, ter recebido informação de que a Lagoa Feia já está transbordando em função das chuvas na Região do Imbé. “Acontece que a Lagoa Feia tinha 360 quilômetros quadrados em 1900. Um século depois, a lagoa perdeu 160 metros quadrados com construção de diques. Hoje não é o transbordo da lagoa. A lagoa está pegando uma área que era dela”, pontuou.