Censanet

notícias

notícias da região
tecnologia

sexta, 16 de novembro de 2018

Saúde participa na Uenf de seminário sobre controle do Aedes

Publicado em: 11/07/2018 17:13

Capa Noticia

O diretor do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Marcelo Sales e a Superintendente Executiva da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Renata Juncá, participaram nesta quarta-feira (11), do Seminário “Novas Estratégias no Controle e Monitoramento do Aedes Aegypti na Região Norte Fluminense”, promovido pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).

O evento, que aconteceu no auditório do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Uenf, teve como público-alvo secretários de saúde da região, representantes de Vigilâncias em Saúde e demais profissionais da saúde e teve como objetivo central mostrar as pesquisas e os produtos de inovação tecnológica desenvolvidos na Universidade, para aplicação no combate ao mosquito Aedes aegypti transmissor de doenças como chikungunya, dengue, febre amarela e zika.

— Este evento é de extrema importância principalmente neste momento em que o município vive essa epidemia de chikungunya. É uma troca de experiências onde há um incentivo de novas tecnologias nesse combate ao Aedes. Achei muito interessante que nas novas experiências são usados produtos naturais no combate aos focos do mosquito – ressaltou Marcelo.

A superintendente Executiva da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Renata Juncá ressaltou ainda que “eventos com a temática no atual quadro em que a cidade se encontra ampliam o leque de opções no combate ao aedes.

O Seminário foi organizado pelo professor da Uenf, Edmilson José Maria, que ressaltou a importância do evento não somente para os profissionais da saúde, mas também para a população.

— Com o avanço do número de casos de chikungunya na cidade e na região, fiquei motivado a abordar o tema com profissionais da área que atuam na região. A Uenf como uma entidade que forma recursos humanos e que desenvolve pesquisa, não poderia ficar de fora desse debate tão importante para a sociedade. Estamos desenvolvendo pesquisas dentro dessa área e revolvemos mostrar os trabalhos e ver a possibilidade de parcerias para o verão de 2019 — explicou.